Decifra-te...

Vale à pena?
Valeu o esforço?
O que realmente mudou, faz algum sentido?
Todo o empenho, todo o envolvimento?
Mas, o que é mais importante, o fim, o começo e o que dizer do percurso?

Será que o fim justifica os meios?

Não importa como inicia, mas devo começar?

Perguntas que de alguma forma nós nos fazemos e se não as fazemos nos são impostas pelo tempo a fazê-las.

Ai nossa força interior rompe em nós e berra: “EU SEI!”, e na verdade não sabe nem porque deu este grito. Talvez por medo – se fosse por isso, pelo menos isto.

“De que vale viver, ganhar o mundo todo, colher, correr e saltar as mais altas colinas e perder a própria vida”.


E quando perguntarem teu nome o que você respondera?

‘me chame de incapaz.


Todo aquele que tentar salvar sua própria vida perdê-la-a, e quem perder a sua vida achá-la-a...


Isto faz algum sentido para você amigo “ponto com” (.com). Isso mexe com teu breu, acredita que é sábio aos teus próprios olhos?

Decifra-te ou se devore...

Quer saber. Tudo isso tem resposta e esta resposta é Cristo. Pode espernear! Abaixo do Sol tudo é vaidade! Cristo é o começo e o fim para todas as coisas construa, renove, cresça, faça a carreira que lhe é proposta. Se o fim é Cristo tudo se explica, tudo se encaixa...

Cabe a você ‘.com ‘, ser mais do que é, deixa Cristo ser o COMeço, o meio e o ponto final de sua vida.

5 comentários:

Fernando Macedo disse...

Extraórdinário!!!! Belo texto, com verdades nua e crua....Que seja Cristo em Nós a essencia da vida !!!!

Marinez disse...

Nossa!!!! Deus pode estar falando comigo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! rsrssssssssssssssss

André Paz disse...

Excelente o texto, meu caro! Inclusive ultimamente esses questionamentos estão a todo momento em minha mente. É hora de abrir os olhos e se apegar um pouco mais ao que realmente importa. Cristo.
Parabéns pelo blog, cara, muito bom!
Abracao!

Daiane disse...

Num mundo onde somos julgados pelo que temos é maravilhoso lembrar que temos a Cristo, e se temos a Cristo nada nos falta. Obrigada Lu, por nos presentear com o seu blog.

cristiana disse...

A vida é feita de perguntas, e na verdade talvez o mais importante não seja saber as respostas mas apenas ter perguntas. Abraão deixou sua terra, seu lugar seguro, cômodo e conhecido, e partiu por uma terra árida cheio de perguntas, para as quais muitas não achou respostas. Ele é um exemplo de homem guiado por Deus. Ele foi vitorioso. E nós também seremos. Mesmo com muitas perguntas e poucas ou nenhuma resposta. Tudo que precisamos saber é se Deus guia o nosso ,muitas vezes, incompreensível caminho.(Incompreensível até para nós mesmos já que a vida nos leva para muitos lugares que nem sonhávamos..)Excelente texto. Vamos com certezas ou incertezas, mas vamos com Deus e apoiando uns aos outros, como Ele nos ensina. Parabéns