Postagens

Mostrando postagens de 2014

Recomeço

Imagem
Ouça Recomeço por Luciano Lemos #np no #SoundCloud https://soundcloud.com/luciano-lemos/recome-o

Alheios, Caminhamos

Imagem
Caminhamos.
Caminhamos alheios
Não caminhamos alheios, talvez, para qualquer lugar,
Mas alheios ao que está a nossa volta
Temos alguma perspectiva do que é belo, ou somente do que arrepia?
Somente do que causa, ou também, estamos para sermos 'causados'?
Caminhamos,  e nesta caminhada na busca de 'nossa felicidade'- que é um estante perpétuo enquanto durar.
Olhamos simplesmente para o lugar que esquecemos de limpar
O próprio umbigo

Quando o Tempo Chora

Imagem
Quando o tempo chora
Quando o vento toca
A pele arrepia
O tempo molha
A face enruga
Amanhece o dia e a noite ainda permanece
Os dedos úmidos apagam o rastro...
Sobra a noite sem cor, sem brilho sem sabor...
Cabe a nós recomeçar

Vem Comigo

Imagem
Escute Vem Comigo por Luciano Lemos #np na #SoundCloud http://soundcloud.com/luciano-lemos/vem-comigo

Com Sabor de Coco

Imagem
Escute Com Sabor de Coco por Luciano Lemos #np na #SoundCloud http://soundcloud.com/luciano-lemos/com-sabor-de-coco

Quem Vai Chegar

Imagem
Escute A Música: Quem Vai Chegar por Luciano Lemos #np na #SoundCloud http://soundcloud.com/luciano-lemos/quem-vai-chegar

Eu Ouvi Dizer

Imagem
https://soundcloud.com/luciano-lemos/eu-ouvi-dizer

Gravado em violão de Nylon Composta entre 2009 -2010

Para Um Amigo em 13/8

Imagem
http://soundcloud.com/luciano-lemos/para-um-amigo-em-13-8

Música feita em 12/1998 para dois violões. Som MIDI  (Teclado Elétrico, Flauta, Piano e Baixo Acústico)

Viajante do Tempo Presente: Mais um dia. 1ª parte

Seria um dia como outro qualquer se não fosse aquele chamado. Estava ele cuidando de sua vida quando o celular tocou. Era uma mensagem dizendo a hora, o lugar e o que ele deveria fazer. Já estava tarde, o que ele podia fazer? Apagar a mensagem fingindo que nada aconteceu e que não recebeu recado algum? Não, não. Não poderia. Não daria para negligenciar aquele chamado. Vestiu qualquer coisa, pegou a chave do carro e saiu desembestado porta a fora como se estivesse sendo perseguido por cães raivosos. Já no local do encontro notou que o ambiente estava cheio de gente, e assim como ele pareciam apresadas e cansadas. Naquela movimentação se pós a procurar pela pessoa que lhe enviara aquela mensagem. Meias hora já havia se passado quando recebeu uma nova indicação em seu aparelho celular e foi ao novo local. Indignado, pensou em responder aquela ultima mensagem com uma resposta dura e direta. Construiu em sua mente o que escreveria. Qual palavra poderia ser melhor para descrever o seu momento ted…

Quando a tecnologia e o dinheiro...,

“Quando a tecnologia e o dinheiro tiverem conquistado o mundo; quando qualquer acontecimento em qualquer lugar e a qualquer tempo se tiver tornado acessível com rapidez;  quando se puder assistir em tempo real a um atentado no ocidente e a um concerto sinfônico no oriente;  quando tempo significar apenas rapidez online;  quando o tempo, como história, houver desaparecido da existência de todos os povos,  quando um esportista ou artista de mercado valer como grande homem de um povo;  quando as cifras em milhões significarem triunfo, – então, justamente então — reviverão como fantasma as perguntas: para quê? Para onde? E agora?  A decadência dos povos já terá ido tão longe,  que quase não terão mais força de espírito para ver e avaliar a decadência simplesmente como… Decadência.  Essa constatação nada tem a ver com pessimismo cultural, nem tampouco, com otimismo…  O obscurecimento do mundo, a destruição da terra, a massificação do homem, a suspeita odiosa contra tudo que é criador e livre, já ati…

Mínimo eu - meros devoradores de imagens?

Imagem
A própria realidade não é real, no sentido de que nasça de uma compreensão comum às pessoas, de um passado e valores comuns. Cada vez mais, as nossas impressões sobre o mundo derivam não das observações que fazemos, tanto como indivíduos quanto como membros de uma comunidade mais ampla, mas de elaborados sistemas de comunicação, que vomitam informações, a maior parte delas inacreditável, sobre acontecimentos dos quais raramente temos algum conhecimento direto...A cultura do 'mínimo EU' é de alguma forma ditada por forças externas a qual, podemos ter algum controle mas, para isso temos que ter algum conhecimento destas forças que nos impulsiona para alguma margem. Os meios de comunicação fazem um zeloso esforço para contarmos que e o que somos, e mesmo para gerar um espúrio sentido de identidade nacional, mas eles o fazem dizendo-nos que programas gostamos de assistir, que produtos gostamos de comprar..., quanto tempo viveremos...,Será que somos meros devoradores de imagens ?c…

A vida... curta...

Imagem
...a vida é curta
não curta..
mas curta...
incuta
na cuca que, culta
em culta...
inculta...
curta,
urta
rta
ta
a!!!